sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Mais contos diversos

Jacquinha cabulava aula
para amar.
e aprendeu tudo assim
amando.
*
Mirtes calçava 34
mas usava 40;
Assim, sentia seus passos indo
aonde seus pés não alcançavam.
*
Regiane perdeu o medo de altura
quando visitou o fundo do poço.
*
Lucy teve 3 filhos.
de tanto crescer com eles
criou-se.
*
Georgina escutava Caetano, Chico, Elis...
mas era anônima 
a voz que lhe dava alegria.
*
Beatriz doou todos os seus brinquedos
queria ser infância 
para outras crianças.
*
Solange saía de casa toda vez que chovia
Pra ela, a chuva era um evento imperdível.
*
Gabriela tinha pressa de ser feliz
temia que seu amor evaporasse
antes de concretizar-se.
*
Marília fazia amor
como quem embarca numa missão estelar:
só tinha garantia de ida, 
mas ela fazia questão do retorno.
*
Ana tinha um gato em casa
mas vivia pegando cachorros na rua.
*
Mateus odiava multidões
Taty era a solidão que Mateus fazia.
*
Isabella pensava em fazer uma tatuagem bem grande
para cobrir a cicatriz que carregava no coração.
*
Pri vestia M
mas usava G.
Fazia isso pra sentir seu coração mais 
folgado.
*
Andréa queria ter um lar
seja lá como fosse
- só não podia ser muito distante
de dentro.
*
Maini tinha inveja do rio
queria desaguar
em alguém.
*
Pim tinha saudades da infância
uma vontade de crescer
ser tão menina de novo
e poder tomar banho na panela de arroz.
*
Taty nunca entrou numa roda de capoera
nem precisou.
aprendeu os paranauês da superação
com as rasteiras que Mateus lhe deu.